VARIZES-SUAS CAUSAS   (01/06/2015)
Beleza
Por: João de Freitas Pereira

VARIZES - SUAS CAUSAS

Fininhos e avermelhados ou mais grossos e escuros, os vasinhos e as varizes são uma real ameaça para a beleza da mulher. Afinal, ninguém quer sair por aí exibindo pernas marcadas com essas linhas indesejáveis. Felizmente, graças aos avanços da medicina, não param de surgir técnicas novas, mais rápidas e menos invasivas para acabar com o mal, independentemente do calibre das veias comprometidas.

"O problema surge quando vasos e capilares venosos superficiais (os vasinhos) se dilatam e perdem a capacidade de bombear o sangue perna acima para que ele volte ao coração", explica Newton de Barros Júnior, professor de cirurgia vascular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Esse sangue que não retorna fica parado nos vasos alargados, tornando-os visíveis.

HERANÇA GENÉTICA E MAUS HÁBITOS

Em geral, herda-se a tendência a ter veias com paredes menos resistentes e que por isso podem se dilatar mais facilmente. Mas existem fatores desencadeantes capazes de provocar varizes em qualquer mulher, como uso de anticoncepcionais hormonais, vida sedentária, estresse, consumo de bebida alcoólica, fumo e atividades profissionais que obrigam ficar muito tempo em pé ou sentada.

Segundo os médicos, as microvarizes (vasos com até 1mm de diâmetro) causam apenas dano estético. "Elas não viram varizes grandes como se pensa", afirma o especialista da Unifesp. Já as veias mais grossas (de 2 a 4 mm ou mais) provocam sensação de peso e cansaço nas pernas e podem evoluir para uma trombose (morte da veia), por exemplo. A boa notícia é que as técnicas modernas previnem as complicações, tratam e eliminam até as varizes mais grossas com o mínimo de efeitos colaterais pós-tratamento." (Revista Corpo a Corpo, agosto/2005).



448 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

4 usuário(s) online