ONDE, AONDE E DONDE   (22/03/2015)
Comunicação
Por: João de Freitas Pereira

1. “Aonde você mora?” Essa é expressão muito comum, na linguagem falada e até mesmo cantada, como o leitor já deve ter ouvido. É, todavia, incorreta.

2. “Juros: aonde eles caíram?” (Jornal de Casa, 16-22/05/99, caderno Política, pág. 3).

Só podemos dizer aonde, quando o verbo exigir a preposição a. Ex.: Aonde você vai? - Vou à casa do meu irmão (não na casa do meu irmão).

Se o verbo for regido da preposição em, só podemos dizer onde. Ex.: Onde você mora? - Moro em Belo Horizonte.

Se o verbo for regido da preposição de, podemos dizer “de onde”, ou “donde”. “Donde você vem?” – “Venho de São Paulo”.  

 

Quanto ao exemplo dois, vale dizer que o que cai o faz em um lugar, nunca a um lugar. (PROTEJA SUA LÍNGUA, 1999, pág. 156-159).

 

O pior é que pessoas andam dizendo "daonde".  De onde tiraram isso?!

Veja também GRAMÁTICA ILUSTRADA



366 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

4 usuário(s) online