O FIM DA VIDA   (04/03/2013)
Filosofia
Por: João de Freitas Pereira

Como morrer faz parte da vida de todos, devemos entender que um dia vamos morrer e viver bem o tempo que nos resta. Assim poderemos morrer bem também.  Não é pensar que após a morte haverá um paraíso ou um inferno que nos fará ter uma morte melhor.

 

"A beleza da morte é que ela nos desnuda completamente. A morte obriga a pessoa a ser ela mesma, a se aceitar como é.  Já vi muitos religiosos aflitos diante da morte porque a espiritualidade deles era pregada, mas não era vivida. Por outro lado, vejo ateus que morrem muito bem. Convictos de que tudo acabou. Eles sentem que fizeram tudo o que podiam, que gozaram a vida e ela foi muito boa. Quando a pessoa sente que a vida teve um sentido, ela morre bem. Não importa se acredita em Deus ou não. Quem vivem bem, morre bem." (Franklin Santana Santos, médico geriatra, Revista Época, 19/04/2010, pág. 105).

 

Nascemos, crescemos envelhecemos e morremos, e nenhum ser sobrenatural irá mudar isso.  Fazendo o que acharmos melhor da vida, vamos morrer bem.



739 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

2 usuário(s) online