O DIABO   (20/11/2011)
Poesias
Por: João de Freitas Pereira

Tão falada personagem,
Imagem de chifres e rabo,
Ao cabo culpado de tudo,
O cornudo pobre Diabo.

Se eu me irrito e bato
Em quem me tem ofendido,
Dizem que é tentação
Do chamado anjo caído.

Quando desejo comer
Aquele fruta proibida,
Dizem que é o tal Satan
Agindo em minha vida.

Hoje é em nome de Deus
O que um terrorista faz;
Mas há muitos dizendo
Ser obra do Satanás.

Muita gente foi queimada
Em nome de Jesus Cristo;
Mas dizem ser o tal Demo
Que estava por trás disso.

E sempre ele é citado
Nesse contexto eterno.
Só se fala que ele quer
Nos levar para o inferno.

Ver mais POESIAS



1034 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

3 usuário(s) online