O BEIJO NA HISTÓRIA   (13/04/2013)
Conhecimentos gerais
Por: João de Freitas Pereira

O BEIJO

"Os mais antigos relatos sobre o beijo remontam a 2.500 a.C., nas paredes dos templos de Khajuraho, na Índia. Diz-se que na Suméria, antiga Mesopotâmia, as pessoas costumavam enviar beijos aos deuses. Na Antiguidade também era comum, para gregos e romanos, o beijo entre guerreiros no retorno dos combates.

Era uma espécie de prova de reconhecimento. Aliás, os gregos adoravam beijar. Mas foram os romanos que difundiram a prática. Os imperadores permitiam que os nobres mais influentes beijassem seus lábios, e os menos importantes as mãos. Os súditos podiam beijar apenas os pés. Eles tinham três tipos de beijos: o basium, entre conhecidos; o osculum, entre amigos; e o suavium, ou beijo dos amantes.

Na Escócia, era costume o padre beijar os lábios da noiva ao final da cerimônia.  Acreditava-se que a felicidade conjugal dependia dessa benção. Já na festa, a noiva deveria beijar todos os homens na boca, em troca de dinheiro. Na Rússia, uma das mais altas formas de reconhecimento oficial era o beijo do czar.

No século XV, os nobres franceses podiam beijar qualquer mulher.  Na Itália, entretanto, se um homem beijasse uma donzela em público, era obrigado a casar imediatamente.  No latim, beijo significa toque dos lábios. Na cultura ocidental, ele é considerado gesto de afeição. Entre amigos, é utilizado como cumprimento ou despedida; entre amantes e apaixonados, como prova da paixão.

Mas é também um sinal de reverência, ao se beijar, por exemplo, o anel do papa ou de membros da alta hierarquia da Igreja. No Brasil, D. João VI introduziu a cerimônia do beija-mão: em determinados dias o acesso ao Paço Imperial era liberado a todos que desejassem apresentar alguma reivindicação ao monarca.  Em sinal de respeito, tanto os nobres, como as pessoas mais simples, até mesmo os escravos, beijavam-lhe a mão direita antes de fazer seu pedido.  Esse hábito foi mantido por D. Pedro I e por D. Pedro II." (Wikipédia)

Alguns tipos de beijo:

beijo de tia: aquele em que só as bochechas se encostam e a boca beija o nada.
beijo francês: Os amantes colam os lábios nas bochechas um do outro e fazem um movimento circular com a língua.
beijo chinês: cola-se os lábios e o nariz na bochecha do parceiro , aspira-se o seu perfume e em seguida estala-se a boca num beijo sonoro.
beijo japonês: dado pelo homem na nuca da gueixa.
beijo italiano: O famoso beijo de língua.

 

OS INIMIGOS DO BEIJO

Esta é a lista que encontrei em um texto sobre o beijo:

"Desentupidor(a) de pia: aquela pessoa que quer engolir a boca do outro na hora do beijo.

Olhos arregalados

Boca de siri: aquela pessoa que não abre a boca de jeito nenhum.

Meio quilo de batom (meninas não exagerem! Os homens detestam ficar borrados de batom!)

Mau hálito, ai credo!

Gosto de cigarro, que horrível!!!"

 
OS SIGNIFICADOS DO BEIJO

O beijo como uma declaração de amor...
um beijo na mão = te adora.
um beijo na bochecha = somente quer ser seu(a) amigo(a).
um beijo no pescoço = te quer.
um beijo nos lábios = te ama.
um beijo na orelha = está apenas brincando.
um beijo em qualquer outro lugar = não se deixe levar muito longe.
um beijo passando a mão em seus cabelos = não pode viver sem você.
um beijo com as mão na sua cintura = te ama demais para te deixar ir.
(Colaboração de Ingrid Saraiva)

Ver mais em BEIJO - DIVERSOS BEIJOS



1024 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

8 usuário(s) online