PSEX - Garotas de programa da 

Grande Belo Horizonte - acompanhantes vip de BH - 

loiras, morenas, mulatas, ruivas, orientais. etc.

GPGBH - Garotas de programa da 

Grande Belo Horizonte - acompanhantes vip de BH - 

loiras, morenas, mulatas, ruivas, orientais. etc.

GPGBH - Garotas de programa da 

Grande Belo Horizonte - acompanhantes vip de BH - 

loiras, morenas, mulatas, ruivas, orientais. etc.

NOVO IMPOSTO PARA COBRIR O ROMBO DO GOVERNO   (30/07/2015)
Eróticos
Por: João de Freitas Pereira

Governo criará imposto sobre acesso à sites pornográficos
por Redação | terça-feira, jul 28, 2015

A queda na arrecadação de impostos que é sentida neste ano não está agradando o Ministro da Fazenda, o banqueiro Levy Fidélix, além do mais isso impacta diretamente no ajuste fiscal criado pela Presidente Dilma Rouselfie. Diante desse empasse o governo anunciou nesta terça-feira que irá criar novos impostos para cobrir o rombo que existe nas contas públicas, o pacote de novos impostos pretende tarifar de diversas formas o setor da internet, de todas as novas tarifas a que mais chamou a atenção foi justamente a criação da tarifa para quem acessar sites pornôs.

A proposta é para que os provedores controlem e tarifem quando o usuário acessar algum site de conteúdo adulto, a medida pede que se crie uma lista com os sites de conteúdo adulto e sempre que estes forem acessados os mesmos deverão ser contabilizados e o usuário cobrado conforme o tempo que ele ficar com o site aberto em seu computador, celular ou tablet. Dessa forma, na conta de internet irá ser discriminado o total de minutos ou horas que o mesmo utilizou em acesso a conteúdos pornográficos, semelhante ao que acontece com contas de água e luz, quanto mais utilizar mais será cobrado através do novo imposto. O governo não informou qual seria o valor da tarifa, mas diz que será um valor condizente com a maioria da população que é cristã, como a bíblia condena esse tipo de conteúdo quem for “flagrado” acessando irá pagar pelo acesso justamente para que reflitam sobre o pecado que estão cometendo.

Outro fato que chamou a atenção é a diferença nas tarifas sobre o tipo dos sites, apesar de não citar nenhum valor fixo ou tarifa, a proposta diz que haverá alterações especialmente para quem tiver acesso à sites de conteúdo porno hardcore, como sites de conteúdo de sadomasoquismo, a diferença da tarifa foi justificada pela insalubridade das atrizes que geralmente acabam as filmagens com muita dor e as vezes até feridas, dessa forma parte do imposto será enviado para elas cobrirem suas despesas médico-hospitalares. Filmes que forem feitos com atores considerados bem dotados também entram nessa faixa de tarifação elevada.

O Ministro Levy aproveitou para dar sua opinião sobre a nova tarifa:

“O Brasileiro se acostumou a pagar poucos impostos e ter serviços de qualidade, mas agora temos que enfrentar uma crise de proporções bíblicas e por isso o governo precisa arrecadar mais, esse calote que está acontecendo por parte da população pode quebrar o país. Sem outra saída tivemos que criar novas tarifas, em especial à de aceso ao conteúdo adulto, para um país de maioria cristã (que sabe que isso é pecado) acredito que não significará nada de mais, afinal sabemos que nossa população não se interessa por esse tipo de sites, serão poucos que serão afetados pela nova tarifa. E quem for, não pode se auto proclamar cristão.”

A ideia inicial do governo é por a tarifa em funcionamento no inicio de 2016, os provedores ainda terão seis meses para se adequarem a nova medida. Especialistas acreditam que além da arrecadação também se criará condições para novos crimes de sonegação fiscal, quem utilizar proxys (sites que permitem acesso à conteúdo na internet de forma anônima) ou serviços de download para baixar conteúdo adulto estaria cometendo crime de sonegação de impostos – podendo chegar até mesmo a ser condenado a cinco anos de detenção pelo simples fato de ter baixo um vídeo pornô.

http://jornalinternacional.com/politica/2015/07/987-governo-criara-imposto-sobre-acesso-a-sites-pornograficos.shtml

 



349 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


VEJA OUTROS TEXTOS DESSE AUTOR
RECEBA AVISOS SEMPRE QUANDO ESSE AUTOR PUBLICAR NOVOS TEXTOS, CLIQUE AQUI