FUI BLOQUEADO NO FACEBOOK. VEJAM O MOTIVO   (19/06/2015)
Cartas
Por: João de Freitas Pereira

Fiquei bloqueado e impedido de fazer postagens por uma semana, por ter postado algo que "não segue os padrões da comunidade do Facebook".

Eu já tinha tido bloqueio dos banners do Google em minha página por meu artigo ser considerado "conteúdo violento" por discorrer sobre comportamento religioso.   Isso entendi, porque nada provoca mais violência do que religião.

Mas essa do Facebook é muito estranha, porque o que eu havia postado era a foto de uma lagoa.

E o mais esquisito é que hoje fiz uma postagem, às 07:26h, e em seguida publiquei aqui este texto.  Fui postar o texto no Facebook,  recebi novamente este aviso:

Este recurso está temporariamente bloqueado

  • Você publicou algo recentemente que viola as políticas do Facebook, portanto, você está temporariamente impedido de usar este recurso. Para obter mais informações, acesse a Central de Ajuda.

Fui bloqueado de novo.   Só falta a minha postagem humorística de hoje ser removida também.

Vejam abaixo a imagem que foi removida e em razão da qual tive uma semana de bloqueio; e mais baixo a postagem de hoje que precedeu o novo bloqueio.

 

Lagoa censura.  A imagem da lagoa foi removida, porque não segue os padrões da comundade do Facebook.

É esta lagoa

Fazendo um quatro em algarismo romano

Após essa postagem do bêbado, fui postar mais e colocar o link deste texto, recebi novo aviso:

Este recurso está temporariamente bloqueado

  • Você publicou algo recentemente que viola as políticas do Facebook, portanto, você está temporariamente impedido de usar este recurso. Para obter mais informações, acesse a Central de Ajuda.       

 

Nas novas tentativas de postagem, recebi o aviso de que o bloqueio perduraria até 12 de julho.

 

 



3026 exibições


Avalicações
Excelente: 2
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

4 usuário(s) online