DIA DO NUTRICIONISTA   (31/08/2014)
Conhecimentos gerais
Por: João de Freitas Pereira

Nos últimos anos, a Nutrição tem ganhado muito destaque na mídia, revelando grandes descobertas da importância dos alimentos em nossa vida. Quando se fala em alimento, sempre se pensa no profissional Nutricionista. Porém, é muito comum as pessoas saberem pouco ou quase nada sobre as diversas atuações deste profissional no mercado de trabalho. Por isso, o artigo de hoje vai falar um pouco da história e da atuação do nutricionista.

HISTÓRIA

No início do século XX, a nutrição como ciência foi se desenvolvendo em torno de estudos sobre o alimento, desde sua produção, composição, conservação atéa utilização terapêutica. Com a Primeira Guerra Mundial, surgiu a necessidade de garantir gêneros alimentícios aos exércitos e às populações vitimadas, intensificando-se as pesquisas em relação ao valor nutritivo dos alimentos e também quanto aos métodos de preservação e distribuição. Paralelamente a esses acontecimentos, a prática de profissionais nessa área foi crescendo, sendo criados os primeiros centros de pesquisas e estudo, curso de formação para especialistas e as primeiras agências condutoras de medidas de intervenção em nutrição no mundo.

Na América Latina, a nutrição teve início na Argentina com o médico Pedro Escudero, criando o Instituto Nacional de Nutrição em 1926, e a Escola Nacional de Dietistas em 1933. Vários brasileiros estudaram e estagiaram nesse Instituto, posteriormente difundindo tais estratégias e conhecimento no país para formação e atuação de especialistas em nutrição. Assim, pode-se destacar alguns nomes: Firmina Sant’Anna, Lieselotte Hoeschl Ornellas, Josué de Castro, José João Barbosa e Sylvio Soares de Mendonça. Os primeiros cursos universitários em Nutrição surgiram no Brasil no final dos anos 30 e na década de 40.

Ao longo dos anos, a profissão foi criando uma identidade e autonomia, características evidentes devidos aos avanços conquistados pela categoria, principalmente com a ampliação dos campos de atuação e especialização profissional, concretizando suas diferentes habilidades e competências técnico-científicas.

PAPEL ATUAL DO NUTRICIONISTA

A regulamentação oficial da profissão no Brasil é dada pela Lei n° 8234 de 17 de setembro de 1991, e a Resolução n° 380/2005 do Conselho Federal de Nutricionistas - CFN – define as seguintes áreas de atuação do nutricionista:

Alimentação Coletiva – atividades nas Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN), empresas fornecedoras de serviços de alimentação coletiva, restaurantes comerciais e similares, comissarias, hotelaria marítima, serviços de buffet e de allimentos congelados, Alimentação Escolar e do Trabalhador. No exercício de suas atribuições em Alimentação Coletiva, o nutricionista planeja e organiza as atividades nos serviços de alimentação e nutrição, como também supervisiona os procedimentos e avalia os resultados.

Nutrição Clínica – atividades em clínicas, hospitais, ambulatórios, consultórios, lactários, centros de terapia nutricional, bancos de leite humano, Spa instituições de longa permanência para idosos e atendimento domiciliar. Em Nutrição Clínica, o nutricionista deve prestar assistência dietética e promover educação nutricional aos indivíduos, buscando a promoção, manutanção e recuperação da saúde.

Saúde Coletiva – atividades em programas institucionais, de atenção básica e de vigilância sanitária. Em Saúde Coletiva, o nutricionista presta assistência e educação nutricional em pesquisas, ações, programas e eventos, visando prevenção de doenças e promoção da saúde.

Docência – atividades de ensino, pesquisa, coordenação e extensão. Na área de Docência, o nutricionista coordena e supervisiona os cursos de nutrição, e também deve ensinar as matérias específicas desses cursos ou de outros cursos de graduação da área da saúde ou afins.

Indústria de Alimentos – desenvolvimento e produção de produtos relacionados à alimentação e nutrição. Nessa área, o nutricionista deve gerenciar todos os processos de desenvolvimento de produtos alimentícios, cuidando da qualidade dos mesmos.

Nutrição em Esportes – atividades em academias, clebes esportivos e similares. Aqui o nutricionista presta assistência especializada, educação nutricional e suplementação alimentar quando necessária.

Marketing na área de Alimentação e Nutrição – atividades de marketing e publicidade científica. Compete ao nutricionista divulgar informações e materiais técnico-científicos acerca de produtos ou técnicas reconhecidas.

O dia do Nutricionista é comemorado em 31 de agosto, data da criação da ABN – Associação Brasileira de Nutricionistas, atualmente conhecida como Asbran (Associoação Brasileira de Nutrição).

http://www.anutricionista.com/31-de-agosto-dia-do-nutricionista.html



821 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

4 usuário(s) online