CRESCIMENTO DO ATEÍSMO   (08/09/2015)
Religião
Por: João de Freitas Pereira

CRESCIMENTO DO ATEÍSMO

 

O crescimento do ateísmo no mundo reflete a evolução social humana
Posted on maio 29, 2011 in comportamento, Noticias, PAPO SÉRIO | by OGRO GRENGA

Antigamente, poucos sabiamos sobre leis da física e o universo. Fenômenos naturais poderiam ser considerados como “medidores do humor” dos deuses. Uma sociedade do século V poderia achar que um raio era obra de deus, ou se uma doença contaminasse sua população, seria considerado um castigo divino sobre os pecadores.

Ao longo da história, os fenômenos passaram a ser entendidos. As ciências evoluíram e, atualmente, conseguimos explicar grande parte das coisas que acontecem ao nosso redor. O conhecimento humano foi evoluindo e os ateus foram aumentando de numero conforme entendemos melhor o universo em que vivemos.

Podemos entender esse aumento do nosso desenvolvimento observando os países em que o IDH é maior e fazendo um balanço de acordo com o número de pessoas religiosas que o habitam.

A imagem mostra que os países mais religiosos são os que têm a população mais pobre e subdesenvolvida.

Uma enquete realizada entre novembro e dezembro de 2006 e publicada no Financial Times mostrou as taxas de população ateia nos Estados Unidos e em cinco países europeus. As menores taxas de ateísmo estão nos Estados Unidos, apenas 4%, enquanto as taxas de ateísmo nos países europeus pesquisados foram consideravelmente mais altas: Itália (7%), Espanha (11%), Reino Unido (17%), Alemanha (20%) e França (32%). Os números europeus são semelhantes aos de uma pesquisa oficial da União Européia (UE), que relatou que 18% da população da UE não acreditam em um deus.

Outros estudos têm mostrado uma porcentagem estimada de ateus de até 85% na Suécia, 80% na Dinamarca, 72% na Noruega e 60% na Finlândia. Segundo o Escritório Australiano de Estatísticas, 19% dos australianos declararam-se como “sem religião”, uma categoria que inclui os ateus. Entre 64% e 65% dos japoneses são ateus, agnósticos, ou não acreditam em um deus.

E podemos verificar que estes países com maior número de ateus, são os que ocupam os primeiros lugares no ranking do IDH de 2010.

Por outro lado, temos outra pesquisa resultando que os países mais miseráveis são os mais religiosos, como é o caso de Bangladesh, Nigéria, Iêmen e Indonésia.

Podemos notar claramente que o ateísmo está diretamente ligado as melhores condições sociais de um país. A quantidade de ateus crescendo no mundo, aparentemente é uma forma de medir a evolução da humanidade.

http://ogrogrenga.com.br/blog/noticias/o-crescimento-do-ateismo-no-mundo-reflete-a-evolucao-social-humana

 

Ao contrário do que os religiosos alardeiam por aí, não estavam errados os iluminista ao afirmar que, "à medida que o conhecimento científico fosse aumentando entre a população, a religião entraria em decadência".

 



408 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

2 usuário(s) online