ACIDENTE DENTRO DE MESQUITA   (12/09/2015)
Religião
Por: João de Freitas Pereira

Guindaste cai em mesquita de Meca deixa ao menos 107 mortos
11 set 2015

Pelo menos 107 pessoas morreram nesta sexta-feira e 238 ficaram feridas após a queda de um guindaste dentro do recinto da mesquita da cidade sagrada de Meca, informou a Defesa Civil da Arábia Saudita.


Segundo um comunicado, 15 equipes da Defesa Civil participam do resgate das vítimas junto a outras do Crescente Vermelho saudita e do Ministério da Saúde.
Foto: EFE

Vários vídeos e fotografias divulgados nas redes sociais mostram vários corpos ensanguentados estendidos no chão da mesquita, que estava muito movimentada, como é habitual, no momento do acidente.

A mesquita de Meca é a mais sagrada do Islã e o destino da peregrinação ou "hajj", que está previsto para começar no próximo dia 21 ou 22 de setembro.
Foto: EFE

O guindaste que provocou o massacre ao cair no interior da mesquita era usado nas obras para restaurar e ampliar o recinto.

A cidade de Meca foi castigada nos últimos dias por fortes tempestades acompanhadas de vento, o que poderia ter provocado o acidente.

As autoridades formaram uma comissão para investigar o acidente.

A peregrinação a Meca é um dos cinco pilares do Islã, junto à "shahada" (profissão de fé), a esmola, a oração, e o jejum no mês do Ramadã.

http://noticias.terra.com.br/mundo/queda-de-grua-mata-52-pessoas-na-grande-mesquita-de-meca,5dbd66abb936e6a477877c94460ba74ccfbzRCRD.html

 

E Alá nem estava ali para protegê-los!   Não obstante os fatos, eles continuam acreditando que serão levados para um paraíso após a morte!

 

Ver mais sobre a INUTILIDADE DOS DEUSES

 

ÍNDICE SISTEMÁTICO SOBRE RELIGIÃO

 



370 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

2 usuário(s) online