A LEI DO MAIS BELO   (25/04/2015)
Beleza
Por: João de Freitas Pereira

Pessoas belas parece terem mais sorte: têm mais facilidade para bons empregos, às vezes superando outras que têm talento profissional; são mais bem tratadas; até diante dos tribunais, podem ter mais chances de ter punições mais brandas.  É o que se observa.  E não somos nós os únicos susceptíveis aos efeitos da beleza. Outros animais também têm seus conceitos que se pode observar na hora da escolha de seus parceiros.

 

 

"Ao longo de todos esses anos, a beleza vem sendo tema de estudos e pesquisas em todas as culturas (ou grande parte delas). As diversas áreas do conhecimento a estudam em seus vários aspectos.Filósofos refletem sobre ela, poetas são por ela inspirados, pornográficos a oferece aos montes, a indústria de cosméticos e o mundo da moda nos joga na cara uma perfeição fora da realidade.
A beleza captura coração e atenção por onde quer que passe. Desde o início da humanidade estamos fadados a nos entregar as suas tentações e todas as sensações que a mesma desperta.
No texto de Nancy Etcoff, “A lei do mais belo – A ciência da beleza”, a autora argumenta e nos convence do quanto a beleza é um trunfo simbólico na sociedade contemporânea e de como caminha a passos largos mediante sua valorização -algo que é cada dia mais evidente, apresentando-nos aspectos que nossos olhos não vêem. Viajamos de questões cientificas à influencia da mídia nos padrões estéticos impostos, da incrível sedução debebês à top models.
Etcoff esclarece, ainda, no primeiro capítulo: “Este livro é uma investigação do que consideramos belo e por que – o que, em nossa natureza, nos torna suscetíveis à beleza, quequalidades na pessoa evocam essa reação e que sensibilidade para a beleza é ubíqua na natureza humana.” (ETCOFF, 1999, p.16).
Estamos numa sociedade obcecada pela beleza, que em seu nome as pessoas cometem atos extremos e arriscam suas vidas. Do uso de produtos não aprovados à mesas de cirurgias plásticas. Segundo dados expostos por Etcoff em seu livro, (1999, p.14), “no Brasil, há mais mulheres vendendo Avon do que membros no Exército. Nos Estados Unidos, gasta-se mais dinheiro com a beleza do que com a educação ou serviços sociais”.
Estamos girando em torno da beleza. E jamais, em nenhum outroperíodo da história as pessoas estiveram tão preocupadas com estética. Beleza é peça chave para o bem-estar social. Esteticistas e cirurgiões plásticos estão trabalhando também como psicólogos...

http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Resenha-De-a-Lei-Do-Mais/561008.html

 

Na hora de procurar um emprego, por mais que os empregadores neguem, a beleza conta muitos pontos.

 

Até diante dos tribunais, observa-se que pessoas mais belas têm mais chances de sair menos punidas.

 

Mas a beleza, que é um tanto subjetiva entre nós, variando seus conceitos no tempo e no espaço, é requisito importante também para outros animais.  Na hora escolher seus parceiros, eles têm preferência por determinados tipos.  Lembra-me ter lido um artigo em uma revista científica que informava que entre determinados insetos, os mais requisitados eram aqueles que tinham antenas mais longas. 

 

Se formos analisar quais as mulheres consideradas as mais belas ao longo do tempo, e também em diversidades de lugares, podemos observar que os requisitos de beleza mudam um pouco no tempo e no espaço.  Lábios carnudos, cintura fina, são dois requisitos que parece serem unanimidade no mundo inteiro, mas coisas como mais magras ou mais gordas são muito variáveis.



690 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

4 usuário(s) online